Uma expedição portuguesa comandada por Gonçalo Coelho, chegou, em 6 de janeiro de 1502, a uma baía ou angra que a todos encantou. Batizaram-na, então, de Angra dos Reis, em homenagem à visita dos Três Reis Magos ao menino Jesus, que é comemorada nesse dia. A vila ali construída recebeu inicialmente o nome de Vila dos Três Santos Reis, depois Vila de Angra dos Reis e finalmente Angra dos Reis

Hoje em dia, devido à beleza de suas praias e das regiões próximas, Angra virou ponto forte do turismo não só estadual, mas também nacional. Possui mais de trezentas ilhas, muitas delas tendo por donos celebridades nacionais e internacionais, sendo a maior de todas denominada de Ilha Grande.

Sofisticação, embarcações, séculos de histórias, centenas de ilhas e Mata Atlântica por todos os lados debruçando em um imenso mar azul. Angra dos Reis é a expressão do requinte no litoral brasileiro. Cada recanto dessa extravagância emoldurada pela natureza foi encontrado dois anos após o descobrimento do Brasil, em 1502, quando a coroa portuguesa enviou ao Brasil uma esquadra com três navios para desbravar o litoral deste recém achado continente.

Esse santuário ecológico margeia a fama dos ilustres frequentadores. A generosidade de ilhas soma 365, para que você conheça uma a cada dia do ano. Personalidades como Xuxa, Fernando Meligeni, Abílio Diniz, Luciano Szafir e muitos outros são nomes cativos da região, pois já compraram ilhas nesse vasto paraíso tão verde quanto as notas que desembolsaram por este lugar ao sol.

Dentre as milhares de praias esparramadas em quilômetros de areias branquíssimas, confira as Praias do Norte e do Sul, que são ligadas por trilhas e grandes rochas fincadas na areia fina. A Praia Grande, com vista para a Ilha da Gipóia, abriga um píer ao longo da costa e uma sede do Iate Clube Brasileiro. Já a Praia Freguesia da Ribeira foi o local de onde se originou a cidade.
À primeira vista parece que o tempo parou em Paraty, uma cidadezinha espremida entre a serra e o mar e que teve seu apogeu no Ciclo do Ouro. No Centro, que é tombado pelo patrimônio histórico, é possível encontrar em ótimo estado de preservação os casarões coloniais, igrejas dos séculos XVIII e XIX e ruas calçadas pelos escravos em pedras pés-de-moleque.

A cidade é dividida em duas partes. O Centro Histórico, que é voltado para o turismo, e a parte Nova. No Centro Histórico existem pousadas e restaurantes de todos os tipos e preços. Lá também se encontram lojinhas para compras de lembranças, artesanato típico, roupas e muito mais. Tudo é bem pertinho e pode ser feito a pé.

A cidade é dividida em duas partes. O Centro Histórico, que é voltado para o turismo, e a parte Nova. No Centro Histórico existem pousadas e restaurantes de todos os tipos e preços. Lá também se encontram lojinhas para compras de lembranças, artesanato típico, roupas e muito mais. Tudo é bem pertinho e pode ser feito a pé.

A noite é animada no Centro Histórico, com bares transados que capricham nos cardápios e na programação musical regada a MPB, bossa-nova e rock. Quem quer apenas observar o movimento enquanto toma uma gelada, a dica é o antigo bar Coupê, em frente à Igreja Matriz, com concorridas mesas espalhadas pela calçada.

Os supermercados e farmácias ficam na parte nova que fica bem perto do Centro Histórico e é permitido para automóveis. É alí que se situa o Centro de Apoio ao Turista, um ótimo lugar para tirar dúvidas e pegar dicas.As melhores praias estão localizadas nas dezenas de ilhas da baia de Paraty, cujo acesso se faz através de passeios de escuna ou alugando barcos que ficam a disposição no píer da cidade. E para quem gosta de cachoeiras, a cidade oferece inúmeras opções, principalmente na estrada que vai de Paraty até a cidade de Cunha.

(Verifique horários e informações sobre como chegar à Ilha Grande com um de nossos recepcionistas.)

A Ilha Grande possui 193 km² e mais de 100 praias de águas verdes-azuladas, vegetação exuberante formada pela mata atlântica, trilhas cheias de aventuras, animais silvestres, clima tropical o ano inteiro e povo acolhedor. Um lugar onde você fará passeios de barco inesquecíveis, mergulhos em grutas e lugares repletos de vida marinha, conhecerá praias semidesertas, tomará banho em cachoeiras de águas cristalinas e fará muitos amigos.

A Ilha Grande é a maior das ilhas do litoral de Angra dos Reis. É uma ilha de 193 km² com relevo acidentado e montanhoso, cujas maiores elevações são o Pico da Pedra D'Água (1 031 metros) e o Pico do Papagaio (982 metros), sendo este último o mais famoso, devido a sua forma pitoresca. As costas da ilha são recortadas por inúmeras penínsulas e enseadas (sacos), formando várias praias. A vegetação é exuberante, formada por mata atlântica, mangue e restinga.

Principais praias:

• Abraão
• Palmas
• Lopes Mendes
• Aventureiro
• Dois Rios
• Praia do Sul
• Praia do Leste
• Praia Vermelha
• Araçatiba
• Bananal
• Sítio Forte
• Lagoa Verde
• Lagoa Azul
• Saco do Céu
• Caxadaço
• Provetá